41. 3306-8000 | contato@dotti.adv.br

* ARTIGOS ESPECIAIS COVID-19 / Artigos

 

O aumento de cibercrimes na quarentena

*Artigo escrito por Rodrigo Ribeiro

Se, por um lado, existe o aspecto positivo do confinamento social sob a ótica da saúde (para a prevenção e contenção do Covid-19), é verdade, também, que a quarentena, infelizmente, trouxe consigo impactos maléficos em diversas áreas da vida humana (economia, trabalho, relações afetivas etc).

No âmbito da criminalidade não foi diferente. A inevitável necessidade de adaptação à realidade pós-pandemia é real também para os criminosos e os golpes virtuais (denominados crimes cibernéticos) despontaram durante este período (O Estadão, 14/06/2020). Invasões hackers, mensagens eletrônicas e e-mails de phishing (forma de fraudulenta de obter informações confidenciais), bem como aplicativos maliciosos são apenas alguns exemplos dentro da gama de maneiras potencializadas para explorar as vulnerabilidades dos indivíduos no durante o isolamento.

Desta forma, vale reforçar as cautelas a serem tomadas para se resguardar de eventuais fraudes pelo ambiente virtual: prudência na hora de acessar notícias, anexos ou links sobre promoções, brindes, sorteios e descontos, sempre atentando aos dados da empresa anunciante; adoção de procedimentos mais rigorosos para acesso a conteúdos digitais, sobretudo em empresas; utilização de programas de segurança em dispositivos; maior desconfiança em relação a documentos e mensagens compartilhadas por aplicativos e redes sociais, especialmente Whatsapp.

Na hipótese de ter sido vítima de alguma conduta perpetrada nestes moldes pelo meio eletrônico/digital, a orientação é a de que seja comunicada a autoridade policial, registrando-se o respectivo boletim de ocorrência e compilando-se, na medida do possível, a maior quantidade de informações e de documentos sobre o fato.

A título de informação, de modo a facilitar o atendimento aos cidadãos, tal como já ocorre em vários Estados brasileiros, o Núcleo de Combates aos Cibercrimes da Polícia Civil do Paraná divulgou, pelo site oficial, no início deste mês (05/06/2020), que estendeu a possibilidade de registro de boletins de ocorrência online para os crimes de estelionato (modalidade mais comum dentre os crimes cibernéticos).

 

 


Voltar