41. 3306-8000 | contato@dotti.adv.br

 

SEÇÃO INFORMATIVA – BOLETIM 44° – ABRIL/ MAIO/ JUNHO 2019

O Professor René Ariel Dotti lançou um blog para falar sobre temas que vão além do direito: política, atualidades e artes. Acesse o blog em: www.blogdodotti.com.br e acompanhe as redes sociais: facebook.com/blogdodotti e instagram.com/blogdodotti_.

 


De fevereiro a abril de 2019, foram realizados 5 encontros do programa Literatura para a Juventude. Em 11 de fevereiro, estiveram no Escritório as jornalistas Joana Neitsch e Maria Sandra Gonçalves. Em 22 de fevereiro, os estudantes receberam o jornalista Marcus Vinicius Gomes. No dia 22 de março, o desembargador Luiz Eduardo Gunther, do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (TRT-9), participou da 10ª edição. No dia 29 de março, o jurista Eduardo Rocha Virmond, integrante da Academia Paranaense de Letras, participou do programa. O Professor Albino de Brito Freire, também integrante da Academia Paranaense de Letras, esteve na 12ª edição do programa, realizado em 26 de abril.


O advogado Giovani Cássio Piovezan, gestor do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB Paraná ministrou, em 22 de março, uma palestra sobre ética na advocacia para os membros do Escritório Professor René Dotti.


A advogada Rogéria Dotti assumiu a coordenação da Pós-Graduação em Direito Civil e Processo Civil do Centro Universitário Curitiba (UniCuritiba).


A advogada Fernanda Pederneiras publicou artigo na Gazeta do Povo de 16 de fevereiro, com o tema “A infidelidade e o direito à pensão alimentícia”.


Em janeiro, o advogado Alexandre Knopfholz concedeu entrevista ao Programa “Justiça para Todos”, da Rádio da Associação dos Magistrados do Paraná, e abordou o tema “Crimes Econômicos”.


No dia 21 de fevereiro os advogados Alexandre Knopfholz e Gustavo Scandelari participaram de um debate no escritório de advocacia Marins Bertoldi. Os advogados debateram decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que admitiu a inadimplência tributária como crime.


O advogado Alexandre Knopfholz integrou a mesa redonda magna “Provas circunstanciais e provas técnico-científicas na persecução penal: visão dos operadores do Direito”, durante o 1º Fórum Nacional de Crimes Econômico-Financeiros, realizado em 12 de março. O evento foi promovido pela Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF).


O advogado Gustavo Scandelari foi convidado a participar da Emerson Latin America Law Conference e ministrar, em 22 de fevereiro, a palestra “Fighting corruption in Brazil”, tema dos mais discutidos no sub-continente. O evento, não aberto ao público, foi realizado no Hotel Hilton Nações Unidas/SP, e contou com a presença da vice-presidente sênior da empresa, Sara Yang Bosco. A Emerson Electric é uma multinacional norte-americana do setor de engenharia, fabrica produtos e presta serviços para mercados industriais, comerciais e de consumo. A empresa tem 128 anos e está no ranking da revista Fortune, que lista as 500 maiores empresas do mundo.


No dia 13 de janeiro, o advogado Gustavo Scandelari publicou artigo na Gazeta do Povo, com o tema “Crime sem processo no Brasil?”.


O advogado Gustavo Scandelari comentou, em uma reportagem da Gazeta do Povo de 5 de fevereiro, sobre o pacote anticrime apresentado pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro. Em 6 de fevereiro, comentou sobre os planos do ministro Sérgio Moro para solucionar crimes através do DNA e em matéria publicada em 6 de março, comentou também sobre o vídeo compartilhado pelo presidente Jair Bolsonaro.


No dia 14 de março, o advogado Gustavo Scandelari ministrou, em conjunto com Roberson Henrique Pozzobon, procurador da Força Tarefa da Lava-Jato, uma palestra na Escola Superior de Advocacia da OAB Rio de Janeiro (ESA-RJ) com o tema “Shaming como uma via para a sanção criminal das pessoas jurídicas”. 


Gustavo Scandelari também participou, no dia 18 de março, do coquetel de inauguração da Sede Acadêmica do Comitê Brasileiro de Compliance e da apresentação do Curso de Pós-Graduação em Compliance e Direito 4.0 da UniSociesc. O advogado ministrou a palestra “Corrupção e tutela da ordem econômica”, junto com Fábio André Guaragni, procurador de Justiça do Ministério Público do Paraná (MP-PR).


No âmbito do Seminário Brasil-Alemanha, promovido pela CAPES e pelo DAAD, o advogado Gustavo Scandelari expôs, em 19 de março, na UFPR, sua pesquisa intitulada “A prevenção geral positiva na sanção aplicável à pessoa jurídica: análise crítica e sugestões”, sob a coordenação do Prof. Dr. Paulo Busato. O advogado atenderá à próxima sessão que ocorrerá em junho de 2019, na Universidade Humboldt de Berlim, sob a tutela do Prof. Dr. Luís Greco.


Nos dias 23 e 30 de março, o advogado Gustavo Scandelari proferiu aulas sobre “Legítima defesa, Estrito cumprimento do dever legal, Exercício regular de direito e Consentimento do ofendido”, na Pós-Graduação em Direito Penal e Processual Penal do Unicuritiba.


Em 15 de fevereiro, o advogado Francisco Zardo, ministrou o curso “Capacitação em licitações e contratos administrativos” para colaboradores da Britânia. Foram tratados temas como o processo de licitação, os aspectos relacionados à formalização dos contratos administrativos e as consequências legais caso haja falha na celebração destes contratos.


O advogado Francisco Zardo foi eleito em março como novo Diretor Financeiro do Instituto dos Advogados do Paraná (IAP).


Em fevereiro, os advogados José Roberto Trautwein e Laís Bergstein publicaram o trabalho “A proibição de preços diferenciados para homens e mulheres na União Europeia e a lei brasileira“. A pesquisa foi apresentada durante o XXVII Congresso do Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Direito (CONPEDI).


Em 9 de abril, a advogada Thais Guimarães concedeu entrevista à Rádio BandNewsFM sobre a sobre a certidão de registro de animais e a custódia dos pets em casos de divórcio e dissolução de união estável. Em 22 de abril, concedeu entrevista ao programa “Ver Mais Curitiba“, da RIC TV, filiada da Rede Record no Paraná, abordando o mesmo tema.


Em 28 de fevereiro, a advogada Diana Geara publicou na Gazeta do Povo artigo com o tema “Senado aprova lei para dificultar o ‘casamento infantil’: a alteração legislativa é necessária?”. Além disso, comentou sobre o assunto em uma reportagem da Gazeta do Povo, publicada em 3 de março.


No dia 16 de abril, a advogada Diana Geara participou do ciclo de palestras com o tema “Novas Perspectivas do Direito de Família”, na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).


A advogada Laís Bergstein é uma das coautoras da obra “Direito do Consumidor Contemporâneo”. Ela é responsável pelo tema “Internet das coisas e target advertising: riscos e possibilidades do uso de dados pessoais“. A obra é organizada por Júlio Moraes Oliveira e está disponível na Editora D’Plácido.


A advogada Laís Bergstein publicou o artigo “O tempo do consumidor respeitado: novas perspectivas nas relações de consumo” na 58ª edição da Revista da Ordem, da OAB/PR.

 


Voltar