41. 3306-8000 | contato@dotti.adv.br

 

SEÇÃO INFORMATIVA – BOLETIM 47° – JANEIRO/ FEVEREIRO/ MARÇO 2020

O Escritório Professor René Dotti está entre os mais admirados do país segundo o anuário “Análise Advocacia 500”, divulgado em novembro. Na edição de 2019, atingiu o 1º lugar nacional na categoria abrangente entre as bancas mais admiradas na área de Direito Penal. Dos advogados dessa especialidade, dois profissionais atingiram o primeiro lugar na categoria abrangente: o professor René Dotti e o advogado Alexandre Knopfholz.

A banca está classificada também como a 2ª mais admirada em todo o Paraná e figura em 4º lugar na área de Setor Econômico/Papel e Celulose.

Individualmente, o professor René Dotti ficou em destaque ainda em outras duas listas. Ele aparece em 2º lugar no ranking dos advogados mais admirados do Paraná. E, na área de Setor Econômico/Bancos, ele figura na 3ª posição entre os profissionais mais admirados.

Alexandre Knopfholz ficou em 2º lugar entre os mais lembrados no Setor Econômico/Papel e Celulose, e em 3º entre os advogados mais admirados do Paraná.


Em 31 de outubro, o professor René Dotti participou do evento “Fórum de Execução Penal da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro”, que contou com uma homenagem ao desembargador Álvaro Mayrink da Costa. Em sua fala, o professor René defendeu as audiências de custódia e explicou que elas evitam que os presos de hoje sejam batizados pelas facções de crimes organizados, que se mantêm e se desenvolvem com a desorganização dos chamados sistemas de segurança pública.


A advogada Rogéria Dotti palestrou, no dia 8 de outubro, durante o evento Direito por Vozes Femininas, organizado pela Comissão da Mulher Advogada (CMA) da OAB Paraná. A iniciativa, que tem como objetivo promover o debate jurídico com a participação de mulheres que são referência na área em pauta, teve como tema “Efetividade na Prestação Jurisdicional”.


Em 16 de outubro, a advogada Rogéria Dotti recebeu uma homenagem da Escola Superior da Advocacia (ESA) da OAB Paraná. Rogéria, que atuou na coordenação-geral da escola na gestão de 2013/2015, foi consagrada junto com outros professores que colaboraram por mais de dez anos com a ESA, ministrando aulas para a advocacia paranaense.


No dia 6 de novembro, a advogada Rogéria Dotti proferiu palestra com o tema “O novo CPC nos Tribunais Superiores” no I Congresso de Processo Civil da Ordem dos Advogados do Brasil, realizado em Brasília.


A segunda edição do Curso de Processo Civil Completo, da editora Revista dos Tribunais, chegou às livrarias no dia 5 de dezembro. A obra foi escrita pela advogada Rogéria Dotti, em parceria com o promotor Eduardo Cambi e com os advogados Paulo Eduardo d’Arce Pinheiro, Sandro Gilbert Martins e Sandro Marcelo Kozikoski.

O livro traz uma abordagem prática sobre o Processo Civil, levando em consideração a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Entre as principais atualizações estão as decisões mais recentes sobre os pontos polêmicos do Código de Processo Civil de 2015 (CPC/2015).


No dia 29 de novembro, a advogada Fernanda Pederneiras palestrou no Congresso de Direito de Família e das Sucessões da OAB São Paulo. Fernanda participou do painel que debateu o direito aos alimentos. O evento foi organizado pela Comissão de Direito de Família e Sucessões da OAB São Paulo, com o apoio do Instituto Brasileiro de Direito de Família.


O advogado Francisco Zardo foi eleito Diretor Executivo Adjunto do Instituto Paranaense de Direito Administrativo, presidido pelo Advogado Edgar Guimarães, para o triênio 2019/2021.


A Revista da Ordem, periódico mensal da OAB Paraná, trouxe, em sua 63ª edição, publicada em setembro de 2019, o artigo “Passando a limpo a gestão pública”, do advogado Francisco Zardo. O artigo aponta pontos positivos e negativos do robustecimento dos órgãos e mecanismos de controle.


Em 25 de outubro, o advogado Francisco Zardo palestrou no IX Congresso Internacional de Direito e Sustentabilidade, realizado na sede da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) em Balneário Camboriú. Zardo integrou o grupo de palestrantes que discutiram inovações tecnológicas sustentáveis no século XXI.


O advogado Francisco Zardo, participou, no dia 8 de novembro, do I Simpósio de Direito Público e do II Fórum da Advocacia Pública, integrando o painel sobre “Responsabilidade do Advogado Público por atos de improbidade administrativa”.


O advogado Gustavo Scandelari, coordenador do Núcleo de Direito Criminal do escritório, participou, no dia 25 de novembro, do programa Justiça para Todos, da rádio da Associação dos Magistrados do Paraná (Amapar). Na oportunidade, comentou a proposta de inclusão do direito à legítima defesa na Constituição, abordando a previsão legal atual do instituto e a necessidade investigação detalhada que produza provas seguras para o Judiciário.


No dia 22 de novembro, o advogado Gustavo Scandelari ministrou palestra sobre “Como garantir a efetividade dos programas de compliance?”, durante o I Simpósio de Compliance & Tech Day, em Curitiba. Em sua fala, apresentou requisitos de idoneidade dos programas e comentou formas de avaliá-los objetivamente.


O advogado Gustavo Scandelari publicou, na Espanha, artigo científico intitulado “La incorporación de los programas de cumplimiento (‘criminal compliance’) en la realidad jurídico-penal latino-americana“. A pesquisa, contida na coletânea “Tratado sobre compliance penal” (Ed. Tirant lo Blanch), tem o Prof. Dr. Paulo Busato como coautor e está disponível ao público desde dezembro de 2019.


Em 15 de novembro, a advogada Laís Bergstein participou, na Universidade de Buenos Aires/Argentina, do VIII Agendas de Direito Civil-Constitucional. Ela abordou os critérios para compensação de danos morais no Brasil e as formas de superação de práticas abusivas no mercado, apresentando os resultados das pesquisas realizadas na UFRGS e no Centro de Estudos Europeus e Alemães.


Em 22 de novembro, o advogado Pedro Gallotti recebeu o prêmio de 2º lugar no “1º Concurso de Artigos Direito e Literatura”, organizado pela Academia Paranaense de Letras Jurídicas (APLJ), em homenagem ao escritor argentino Jorge Luis Borges.


A 660ª edição da revista Bonijuris, publicada em outubro de 2019, trouxe o artigo “Os direitos da família multiespécie”, da advogada Thais Guimarães. O texto discorreu sobre direito de família e custódia de animais de estimação.


No dia 14 de janeiro, a advogada Thais Guimarães concedeu uma entrevista à Rádio Paraná Educativa e esclareceu dúvidas sobre pensão alimentícia, principalmente em casos de desemprego do alimentante.


Voltar