41. 3306-8000 | contato@dotti.adv.br

Seção Informativa


  • 19/06/2018

    Professor René receberá diploma em cerimônia na Sociedade Garibaldi

    No dia 25 de junho, segunda-feira, às 20h20 o Professor RENÉ ARIEL DOTTI receberá de Aroldo Murá G. Haygert o diploma de “Grande Porta-voz do Paraná”, em cerimônia na Sociedade Garibaldi, na Praça Garibaldi, Centro Histórico de Curitiba. Na mesma ocasião será lançada a décima edição de Vozes do Paraná – Retratos Paranaenses, de autoria do jornalista Aroldo Murá G. Hygert, que traz entre os personagens o advogado FRANCISCO ZARDO.

    Leia mais

     
  • 30/05/2018

    Professor René Dotti concede entrevista para a Revista Crusoé

    Em 25/05/2018 o Professor René Ariel Dotti concedeu entrevista à Revista Crusoé. Clique no link abaixo para acessar a entrevista: https://crusoe.com.br/edicoes/4/a-lava-jato-e-seu-beneficio-social/

    Leia mais

     
  • 29/05/2018

    DOTTI E ADVOGADOS recebeu o Prêmio “Melhores do Ano de 2017” do Paraná

    No dia 28/05/2018 a DOTTI E ADVOGADOS recebeu o Prêmio “Melhores do Ano de 2017” do Paraná, na categoria Advocacia e Direito, entregue pelo Jornal DIÁRIO INDÚSTRIA & COMÉRCIO, em evento realizado no Museu Oscar Niemeyer. A escolha dos premiados foi realizada pelos jornalistas, colunistas, colaboradores e Conselho Editorial do Jornal, que comemora seus 41 anos. Maiores informações: https://issuu.com/icnews/docs/edicao_especial_-_site  

    Leia mais

     
  • 25/05/2018

    Advogada Laís Bergstein recebe Prêmio Ada Pellegrini Grinover no biênio 2016/2018

    As três obras vencedoras do Prêmio Ada Pellegrini Grinover no biênio 2016/2018 foram divulgadas ontem, em São Paulo, durante o XIV Congresso do Instituto Brasileiro de Política e Direito do Consumidor - BRASILCON. A advogada Laís Bergstein é coautora em duas das obras premiadas. A primeira, vencedora na categoria obra coletiva, intitula-se “Dano Temporal: o tempo como valor Jurídico”, foi organizada por Gustavo Borges e Maurilio Casas Maia. A segunda, na categoria coletânea, é denominada “Provocações Contemporâneas no Direito do Consumidor”, organizada por Dennis Verbicaro, Camile Ataíde e Carlos Acioli. Os capítulos de autoria da advogada integrante do núcleo de Direito Civil da Dotti são intitulados “A consolidação da noção de dano pela perda do tempo nas relações de consumo no Brasil” e “O papel da informação nos contratos de consumo como modelo do Novo Direito Privado Solidário”, esse último foi escrito em conjunto com o Prof. Dr. Bruno Miragem, da ...

    Leia mais

     
  • 17/05/2018

    Professor René Ariel Dotti é homenageado na OAB/PR.

    Em solenidade realizada na OAB/PR, no dia 07/05/2018, o Professor RENÉ ARIEL DOTTI foi homenageado com a “Láurea de Agradecimento” em razão da sua participação na construção e realização da histórica VII Conferência Nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, realizada no Teatro Guaíra, em Curitiba, em 1978. Na mesma comemoração aos 40 anos do evento, foram também homenageados os Professores EDUARDO ROCHA VIRMOND e EGAS DIRCEU MONIZ DE ARAGÃO.

    Foto: OAB/PR

    Leia mais

     
  • 26/04/2018

    Entrevista: René e Rogéria Dotti – juntos em caminhos diferentes

    * Entrevista publicada na Topview de 21/04/2017.

    Confira aqui a entrevista original no site da Topview.

    Pai e filha contam como é trabalhar em família e comentam causas marcantes de suas carreiras na advocacia, como união homoafetiva, Lava Jato e Carli Filho

      Via de regra, René e Rogéria Dotti não dão entrevistas juntos. O mesmo vale para a participação em eventos jurídicos e afins: quando um dos dois está em destaque, o outro assume um papel mais discreto. Há um cuidado de pai e filha para evitar que a trajetória dele pese demais sobre o trabalho dela. É compreensível: o Professor René Dotti, 83, é uma espécie de papa no Direito brasileiro. Sua carreira começou ainda no fim dos anos 1950 e inclui uma passagem brilhante pela Universidade Federal do Paraná, onde lecionou de 1962 a 2004. O nome do jurista, referência ...

    Leia mais

     
  • 25/04/2018

    SEÇÃO INFORMATIVA – BOLETIM 40° – ABRIL/ MAIO/ JUNHO 2018

    Em evento organizado pela Escola Judiciária Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, denominado Tribunal Jovem, realizado no dia 6 de abril, o Professor RENÉ ARIEL DOTTI proferiu palestra para alunos do Ensino Fundamental sobre educação para cidadania.

    ____________________________________________________________________________

    A advogada ROGÉRIA DOTTI ministrou, nos dias 2 e 3 de março, aulas sobre tutela de urgência na Pós-Graduação em Direito Civil e Processual Civil do Centro Universitário UNICURITIBA. Em 21 de março, a advogada ROGÉRIA DOTTI tomou posse como integrante da Academia Paranaense de Letras Jurídicas. O evento foi realizado na sede da OAB/PR e também tomaram posse outros 6 integrantes: CLAYTON DE ALBUQUERQUE MARANHÃO, EDUARDO CAMBI, EGON BOCKMANN MOREIRA, FRANCISCO PINTO RABELLO FILHO, GRACIELA MARINS e LUIZ ANTONIO CÂMARA. Na ocasião, RENÉ ARIEL DOTTI proferiu saudação aos novos acadêmicos.   No dia 11 ...

    Leia mais

     
  • 22/03/2018

    A Advogada ROGÉRIA DOTTI tomou posse como integrante da Academia Paranaense de Letras Jurídicas.

    *Notícia e imagens extraídas do site da OAB/PR (https://www.oabpr.org.br/academia-paranaense-de-letras-juridicas-da-posse-a-sete-membros/) A OAB Paraná teve a honra de sediar na noite desta quarta-feira (21/3) a posse de sete integrantes da Academia Paranaense de Letras Jurídicas (APLJ) — Clayton de Albuquerque Maranhão, Eduardo Cambi, Egon Bockmann Moreira, Francisco Pinto Rabello Filho, Graciela Marins, Luiz Antonio Câmara e Rogéria Dotti. “Hoje, com sete operadores do Direito integrando nossos quadros, voltamos ao número original de 40 membros. Registro aqui os agradecimentos a Henrique Lenz César, idealizador da academia, a João Casillo, primeiro presidente, e a Albino Freire. A APJL, fundada no dia 4 de novembro de 1998, há quase 20 anos, também não teria cumprido sua missão sem o apoio que tem sempre recebido da OAB Paraná, da Escola Superior de Advocacia (ESA) e da Caixa de Assistência dos Advogados (CAA)”, destacou Carlyle Popp, presidente ...

    Leia mais

     
  • 13/03/2018

    Analisamos 50 letras de funk. Imoral, mas não ilegal

    **Matéria publicada na Gazeta do Povo com comentário do Dr. Gustavo Scandelari Nada de empoderamento da mulher, é degradação mesmo. As letras, no entanto, não podem ser consideradas como apologia ou incitação ao crime. Está nas mãos dos consumidores barrar esse tipo de conteúdo. O funk virou febre nacional e não é de hoje. O ritmo vem destronando outros estilos nos últimos anos, tendo vivido seu ápice no Carnaval deste ano. Segundo o serviço global de música Deezer, por exemplo, o funk representou 70% das músicas mais tocadas durante o período de folia. Dos hits do verão, 50% das músicas que estão no Top Charts Brasil são funk – em 2017 essas canções ocupavam apenas 13% do ranking das mais ouvidas. Ao mesmo tempo em que o ritmo se popularizou, letras de denúncia, com poder de desmascarar a violência e os problemas das favelas cariocas, ...

    Leia mais

     
Página 1 de 912345...Última »