41. 3306-8000 | contato@dotti.adv.br

Seção Informativa


  • 01/04/2019

    Eduardo Rocha Virmond participa de edição do Literatura para a Juventude

    Foi realizada nesta sexta-feira (29/3) a 11ª edição do programa Literatura para a Juventude, com a participação do jurista Eduardo Rocha Virmond, integrante da Academia Paranaense de Letras, assim como o Professor René Dotti. Nesta edição foram sorteados quatro livros para a leitura dos estagiários: "Grande Sertões Veredas", de Guimarães Rosa; "Machado de Assis, criminalista", de Nilo Batista; “O Sol também se levanta", de Ernest Hemingway e "As Brumas de Avalon", de Marion Zimmer Bradley. Após o sorteio, cada ganhador leu um breve registro biográfico do autor do livro que lhe coube. Os sorteados foram: Marina Gutierrez, Flavia Dias, Kássia Martins e Giuliano Sthefano. Os estagiários Jayne Skrepka, Gustavo Vieira, Beatriz Tokars e Larissa Ross, participantes da 10ª edição do Literatura para a Juventude falaram sobre o livros lidos: "Como fazer amigos e influenciar pessoas", de Dale Carnegi, "Memórias póstumas de Brás Cubas", de Machado de Assis, "Frankenstein", de Mary Schelley ...

    Leia mais

     
  • 29/03/2019

    Francisco Zardo assume Diretoria Financeira do IAP

    O advogado Francisco Zardo, coordenador do núcleo de Direito Administrativo do Escritório Professor René Dotti, é o Diretor Financeiro do Instituto dos Advogados do Paraná (IAP) no biênio 2019-2020. A cerimônia de posse foi realizada nesta quinta-feira (28/3) no Graciosa Country Club. A diretoria do IAP também será composta por Tarcísio Kroetz (presidente), Luis Felipe Cunha (vice-presidente) e Guilherme Brenner Lucchesi (secretário-geral). Durante o evento, também foi proferida uma palestra do professor Oscar Vilhena Vieira com o tema "Supremocracia em Crise". Zardo foi membro do Conselho e Diretor do Departamento de Direito Administrativo do IAP no biênio 2017-2018. Ele é mestre em Direito pela UFPR, professor da pós-graduação em Direito Administrativo na Universidade Positivo, na Unibrasil e na Faculdade de Direito da Federação das Indústrias do Paraná (FIEP) e autor da obra "Infrações e Sanções em Licitações e Contratos Administrativos: com as alterações da Lei Anticorrupção (Lei 12.846/2013), publicada pela Editora Revista ...

    Leia mais

     
  • 25/03/2019

    Gestor do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB Paraná palestra sobre ética na advocacia no Escritório

    O advogado Giovani Cássio Piovezan, gestor do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB Paraná, ministrou, na última sexta-feira (22/3), uma palestra sobre ética na advocacia para os membros do Escritório Professor René Dotti. Na foto o palestrante com o Professor René Ariel Dotti e os advogados Rogéria Dotti e Julio Brotto.

    Leia mais

     
  • 22/03/2019

    Desembargador Luiz Eduardo Gunther participa de edição do programa Literatura para a Juventude

    O desembargador Luiz Eduardo Gunther, do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (TRT-9), participou, nesta sexta-feira (22/3), de mais uma edição do programa Literatura para a Juventude. Gunther contou aos presentes sobre a sua relação com a literatura. Além de desembargador, o magistrado já escreveu peças de teatro e é autor de alguns livros. Após sua palestra, Gunther presenteou os acadêmicos com alguns exemplares de seus livros. Na 10ª edição do programa, três participantes falaram sobre as obras sorteadas anteriormente pelo Professor René Dotti. Alexsandro Ribeiro Martins leu "A trombeta do anjo vingador", escrita por Dalton Trevisan; Victoria de Barros e Silva leu "As melhores crônicas", de Fernando Sabino; e Rodrigo Ribeiro leu a 64ª edição da Revista da Academia Paranaense de Letras, comentando um artigo escrito por Albino Freire. As obras sorteadas para a próxima edição são: "Como Fazer amigos e influenciar pessoas", de Dale Carnegi; "Memórias póstumas de Brás Cubas", ...

    Leia mais

     
  • 20/03/2019

    Laís Bergstein é nomeada vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor da OAB Paraná

    A advogada Laís Gomes Bergstein, do Escritório Professor René Dotti, foi nomeada vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor da OAB Paraná. A nomeação foi feita na última sexta-feira (15/3), Dia do Consumidor, durante a sessão do Conselho Pleno da Seccional. A comissão será presidida pelo advogado Antônio Carlos Efing, conselheiro estadual da OAB Paraná.             Foto: Comunicação OAB Paraná

    Leia mais

     
  • 19/03/2019

    Advogado do Escritório Professor René Dotti ministra palestra sobre corrupção e ordem econômica

    O advogado Gustavo Scandelari, coordenador do Núcleo de Direito Criminal do Escritório Professor René Dotti, participou, nesta segunda-feira (18/3), do coquetel de inauguração da Sede Acadêmica do Comitê Brasileiro de Compliance e da apresentação do Curso de Pós-Graduação em Compliance e Direito 4.0 da UniSociesc. Scandelari ministrou a palestra "Corrupção e tutela da ordem econômica" juntamente com Fábio André Guaragni, procurador de justiça do Ministério Público do Paraná (MP/PR). Também participaram do evento Adriana Gluck Camargo, Compliance Analyst do EBANX; Fernando Zanoni, Sócio-Fundador do CódigoConduta; e Melissa Gonçalves, Compliance Analyst da Positivo Tecnologia.

    Leia mais

     
  • 18/03/2019

    Audiências de custódia são aliadas da Justiça contra o encarceramento em massa

    Matéria publicada na edição impresa da Gazeta do Povo em 17/03/2019, com a participação do advogado Alexandre Knopfholz.                       O Brasil possui a terceira maior população carcerária do mundo. O sistema Geopresídios, mantido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), aponta que atualmente há 702 mil pessoas privadas de liberdade no país. O número de vagas, no entanto, não chega a 400 mil, de acordo com o relatório mais recente do Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen), do Ministério da Justiça, divulgado no fim de 2017. O número, entretanto, poderia ser consideravelmente menor se uma importante aliada dos tribunais fosse melhor utilizada: a audiência de custódia. O CNJ determina, por meio da Resolução 213/2015, que todo sujeito preso em flagrante – quando o indivíduo está cometendo ou acabou de cometer o crime – deve ser levado à presença de uma autoridade judicial em até 24 ...

    Leia mais

     
  • 15/03/2019

    Coordenador do Núcleo de Direito Criminal do escritório participa de palestra sobre nova pena criminal a empresas

    Nesta quinta-feira (14/3) o advogado Gustavo Scandelari, Coordenador do Núcleo de Direito Criminal do Escritório Professor René Dotti, ministrou, em conjunto com Roberson Henrique Pozzobon (Procurador da Força Tarefa da Lava-Jato), palestra na Escola Superior de Advocacia da OAB do Rio de Janeiro (ESA-RJ) com o tema "Shaming como uma via para a sanção criminal das pessoas jurídicas". Os palestrantes propuseram uma nova forma, mais eficaz e útil à sociedade, de sancionar corporações, reabilitá-las e, ao mesmo tempo minimizar, os danos de seus crimes. Também compuseram a mesa Diogo Mentor, coordenador de Direito Penal da ESA-RJ, e Thaís Marçal, coordenadora acadêmica da ESA-RJ.

    Leia mais

     
  • 13/03/2019

    Knopfholz compõe mesa redonda no Fórum Sobre Crimes Econômicos

    O advogado Alexandre Knopfholz, do Escritório Professor René Dotti, integrou a mesa redonda magna “Provas circunstanciais e provas técnico-científicas na persecução penal: visão dos operadores do Direito” na noite desta terça-feira (12/3), no Teatro Positivo, durante o 1° Fórum Nacional de Crimes Econômico-Financeiros, promovido pela Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF). Do painel também tomaram parte o Procurador da República Roberson Henrique Pozzobon e, na condição de moderador, o Geólogo e Perito Criminal Fábio Salvador. “Estar numa universidade, onde se produz ciência, é emblemático. Neste fórum estão em tela temas que ampliam a expertise dos peritos criminais”, destacou Salvador, que abriu o painel com uma questão sobre o vilipêndio do conceito de prova. Banalização “Parece haver, de fato, uma banalização do termo ‘prova’. A rigor não há prova perfeita, porque não há como refazer com exatidão o que já passou. Nesse cenário, é muito relevante a prova técnico-científica. A perícia tem, evidentemente, grande ...

    Leia mais